home
Um cliente, uma excepção
Noticias
  • Noticias
  • Macau torna-se Cidade Criativa da UNESCO na área de Gastronomia
Macau torna-se Cidade Criativa da UNESCO na área de Gastronomia
A UNESCO integrou Macau na rede de Cidades Criativas na área de Gastronomia, uma distinção que Alexis Tam, secertário para Assuntos Sociais e Cultura de Macau, considera que irá contribuir para “a abertura de novos horizontes”.

“A gastronomia sempre foi um elemento distintivo da nossa cultura em mais de 400 anos de intercâmbios entre Oriente e o Ocidente”, afirmou Alexis Tam, manifestando a sua satisfação com a integração de Macau na rede de Cidades Criativas da UNESCO, e garantindo os “maiores esforços para que os nossos elementos únicos contribuam para o enriquecimento da rede”.

A integração irá contribuir para criar em Macau “novos modelos de desenvolvimento que reconhecem a criatividade como um factor estratégico de desenvolvimento sustentável”, acrescentou Alexis Tam, citado numa informação divulgada pelo portal de Turismo de Macau.

O secretário para Assuntos Sociais e Cultura de Macau, Alexis Tam, é um dos intervenientes confirmados na abertura do Congresso da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo, que decorrerá em Macau de 23 a 27 de Novembro.

Para celebrar e divulgar a integração na rede de Cidades Criativas, Macau irá promover uma série de actividades e eventos, incluindo encontros internacionais sobre gastronomia.

O governo de Macau irá criar um unidade de gestão pública e privada para implementar e supervisionar todas as iniciativas e projectos relacionados com a integração na rede de Cidades Criativas na área de Gastronomia.

Macau tem outras distinções da UNESCO, incluindo a declaração do seu centro histórico como Património Mundial em 2005 e a inscrição das “Chapas Sínicas” no Registo da Memória do Mundo.

A rede de Cidades Criativas da UNESCO foi criada em 2004 para promover a cooperação entre cidades que identificam a criatividade como um factor estratégico para o desenvolvimento sustentável em relação a aspectos económicos, sociais, culturais e ambientais.

As categorias incluídas são a Gastronomia, Artesanato, Design, Cinema, Literatura, Música e “Media Arts”.

Além de Macau, integram a rede de Cidades Criativas na área de Gastronomia Chengdu e Shunde (China), Belém e Florianópolis (Brasil), Popayán (Colômbia), Rasht (Irão), Parma (Itália), Zahlé (Líbano), Ensenada (México), Bergen (Noruega), Jeonju (Coreia do Sul), Tsuruoka (Japão), Dénia e Burgos (Espanha), Östersund (Suécia), Phuket (Tailândia), Gaziantep (Turquia), Tucson (EUA).

in http://www.presstur.com/promocoes/gastronomia/macau-torna-se-cidade-criativa-da-unesco-na-area-de-gastronomia/




NOTÍCIAS:

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados

RNAVT nº 1970

Porto - Telefone: (351) 22 619 17 00Fax: (351) 22 619 17 77

Lisboa - Telefone: (351) 21 317 11 60